Qual a a importância da contabilidade nas empresas?

Muitos desconhecem a importância da contabilidade nas empresas, e isso pode resultar em grandes problemas. A assessoria contábil realizará um levantamento das informações fiscais, financeiras e tributárias para identificar o foco dos problemas e garantir a segurança das informações.

Porém, algumas pessoas ainda possuem uma certa dificuldade para entender como um contador pode ter um papel estratégico na sua empresa. Confira neste artigo quais os benefícios de uma boa contabilidade para a sua empresa.

Qual a função de uma contabilidade dentro da empresa?

Embora esta seja uma dúvida recorrente, entendemos que muitos clientes atribuem uma imagem negativa ao contador, pois associam a ele todas as taxas tributárias que são impostas pelo Governo.

É preciso levar em consideração que o contador é tão importante quanto um administrador. O contador é o profissional que irá utilizar tanto os seus conhecimentos em administração quanto em economia. O objetivo é prever o melhor cenário para que a empresa possa atuar.

Como funciona a atuação?

O contador é um especialista em gestão, e por isso atuará no planejamento estratégico da empresa.

Inicialmente ele irá avaliar o fluxo de caixa e efetuar o balanço patrimonial, levando em consideração os ativos e passivos. Em seguida  analisará os custos, despesas, receitas, e por fim, ele irá avaliar se a sua empresa é lucrativa. Caso contrário, vai propor estratégias que possam aumentar a rentabilidade e lucratividade.

Orientação para obter o melhor capital de investimento

Se você precisa obter investimentos para a sua empresa ou startup, a assessoria contábil poderá ajudá-lo, organizando toda a documentação e avaliando quais opções oferecem as melhores vantagens.

O contador ficará responsável pelo planejamento anual de tributos da empresa, assim sua empresa não terá problemas com o fisco.

Benefícios da Assessoria Contábil para a sua empresa

Os consultores atuam de forma estratégica, buscando extrair o máximo de informações da empresa para que eles possam garantir os melhores resultados.

A vantagem deste tipo de serviço é que ele garante mais segurança no crescimento através da organização das informações. Fica mais fácil para avaliar o que está acontecendo, além de agilizar os processos administrativos.

A adoção de softwares especializados garante a automatização de diversas tarefas do dia a dia. Isso possibilita mais agilidade nos processos e maior eficiência da resolução de possíveis problemas.

Nosso aplicativo Gestta otimiza a comunicação com os nossos clientes, tornando os processos menos burocráticos e eliminando os ruídos de comunicação.

Fique em dia com as obrigações acessórias

Todas as empresas precisam realizar declarações mensais, trimestrais e anuais, onde informações como: receita efetivada, impostos apurados, informações trabalhistas sobre empregados, salários que foram pagos e folhas de pagamento, devem ser informadas ao Governo Federal, Estadual e/ou Municipal.

Vale ressaltar que os impostos, contribuições fiscais, taxas etc., também fazem parte das obrigações tributárias acessórias.

Quais as obrigações acessórias do Simples Nacional?

Para as empresas optantes pelo Simples Nacional, é preciso ficar atento às seguintes obrigações:

  • DIRF: Declaração de Imposto de Renda Retido na Fonte, que é enviado anualmente para todas as empresas que realizam a retenção do imposto;
  • DEFIS: Declaração de Informações Socioeconômicas e Fiscais, que  serve para informar e comprovar para o Governo Federal, através da Receita Federal, que todos que estão enquadrados no Simples Nacional fizeram o recolhimento conforme estipulado em lei;
  • DAS: Documento de Arrecadação do Simples, no qual é calculado o faturamento mensal da organização. Como ele é proporcional ao valor movimentado mensalmente, caso não haja nenhuma movimentação, a empresa estará isenta do imposto;
  • DESTDA: A Declaração de Substituição Tributária, Diferencial de Alíquotas e Antecipação é o recolhimento do ICMS das diferentes alíquotas, aplicadas mensalmente às micro e pequenas empresas.

Quais as obrigações acessórias do Lucro Presumido?

Já as empresas que optam pelo Lucro Presumido, também precisam manter em dia as suas obrigações, sendo elas:

  • SPED EFD e ECD: Escrituração Fiscal Digital, que consiste em um arquivo que reúne todas as escriturações e demais informações importantes para o fisco;
  • DES: Declaração Eletrônica de Serviços, consiste na declaração municipal em que as empresas prestadoras de serviços estão sujeitas, porém a exigência varia conforme a prefeitura da região;
  • DCTF: Declaração de Débitos Tributários Federais são informações relacionadas aos impostos do âmbito federal tais como: IRRF, IPI, IRPJ, CSLL etc.;
  • SPED FISCAL e Contribuições: para simplificar os processos de arquivamento, o governo criou o SPED FISCAL, que visa reduzir o número de documentos físicos e otimizar os processos internos;
  • GIA ESTADUAL: Guia de Informações e Apuração de ICMS, que informam o Governo Estadual sobre o status do ICMS de cada contribuinte;
  • GIA com Substituição Tributária: o governo estadual utiliza para avaliar se os contribuintes que realizam a venda de produtos estão cumprindo com suas obrigações tributárias;

Contratando para a sua empresa

Para manter a sua empresa regularizada e com o fluxo de caixa ativo, é fundamental ter uma assessoria com profissionais gabaritados.

Entre em contato conosco e agende uma reunião!

Deixe seu comentário

WhatsApp chat