Como ser representante comercial autônomo?

Entenda como ser representante comercial autônomo

Saber como ser representante comercial autônomo é muito importante para quem quer atuar nessa área. Afinal de contas, é essencial iniciar a profissão do jeito certo, para não ter problemas com os órgãos de fiscalização ou com o conselho da classe no futuro. 

Hoje em dia, a opção de atuar como representante comercial tem sido escolhida por milhares de brasileiros. Com 14,4 milhões de desempregados no país, muita gente encontrou nessa área a solução para conseguir uma atuação profissional por conta própria. No entanto, é necessário entrar na área do jeito certo, para não ter problemas depois.

Quer aprender como ser representante comercial autônomo? Então siga a leitura e entenda!

Como ser representante comercial autônomo?

O primeiro ponto para aprender como se tornar representante comercial é entender quais são as exigências jurídicas a respeito da profissão. Nesse sentido, a atividade de representação comercial foi regulamentada inicialmente pela Lei 4.886/65, posteriormente alterada pela Lei 8.420/92. A legislação diz que um representante comercial deve estar registrado no CORE (Conselho Regional de Representação Comercial) do estado onde exerce a profissão.

Além disso, o profissional autônomo não pode ter uma relação que configure vínculo empregatício com a empresa representada. Por exemplo, não pode ter subordinação (a representada não pode determinar horário de trabalho, dar ordens de qualquer tipo). 

Logo, o primeiro passo é decidir se você será representante comercial autônomo como pessoa física ou jurídica. Pensando em como funciona a tributação para representante comercial, a melhor solução é sempre ter um CNPJ, pois a carga de impostos é menor e a atividade se torna mais lucrativa.

Portanto, você precisaria abrir uma empresa individual de representação comercial e, posteriormente, registrar-se no CORE do seu estado. Ainda será necessário fazer a inscrição estadual, obter o alvará de funcionamento e definir o enquadramento tributário adequado. Com tudo isso feito, o último passo é firmar contrato com a empresa representada e começar a trabalhar.

Quais habilidades são necessárias?

Trabalhar como representante comercial autônomo não é fácil. Não é qualquer pessoa que consegue entrar nessa área e ter sucesso. Para isso, é necessário ter algumas habilidades específicas. Veja quais são:

Organização

Um representante comercial precisa ser muito organizado, pois lidará com uma série de leads e potenciais clientes o tempo todo. Ele precisa saber quem é quem, quem compra o que e quando é a hora de voltar a procurar por um consumidor.

Por exemplo, imagine o representante comercial de uma fornecedora de insumos para um consultório odontológico. Ele precisa saber mais ou menos quanto tempo leva para acabar os produtos que um cliente comprou para voltar lá e oferecer o reabastecimento antes que o consumidor tenha de ir ao mercado procurar.

Boa comunicação

O trabalho de representação comercial não pode ser feito sem uma boa capacidade de comunicação e negociação. Mais do que saber como falar, é essencial entender que a comunicação é uma via dupla: é importante saber como ouvir o cliente e se adequar ao que está sendo comunicado.

Apresentação

Um representante comercial precisa ter uma apresentação impecável e coerente com o seu segmento. Por isso, é vital estar sempre com a higiene em dia, com roupas adequadas e uma postura condizente com a empresa representada.

Capacidade de crescimento

Por fim, o representante comercial deve estar sempre focado em crescer e se tornar um profissional cada vez melhor. Isso é fundamental para superar as adversidades do setor e conseguir os resultados desejados.

Representante comercial pode ser MEI?

Uma das dúvidas mais comuns sobre quem quer aprender como ser representante comercial é se o profissional da área pode atuar como MEI. Na verdade, a resposta a essa questão é bem simples.

O representante comercial não pode ser MEI, pois somente as profissões sem regulamentação específica podem se enquadrar nesse tipo de empresa. Como a representação comercial tem conselho de classe (o CORE) e tem duas leis regulamentadoras, ela não se encaixa nesse requisito.

No entanto, muitos profissionais acham que o representante comercial pode ser MEI e acabam abrindo empresa desse tipo com um CNAE parecido, mas não exatamente o mesmo. O problema disso é que o CORE faz uma constante vigilância e fiscalização e, caso o profissional seja pego fazendo representação comercial como MEI, ele sofrerá punições e multas altas.

E então, gostou do conteúdo? Agora que você já entende tudo sobre a área, pode colocar esse conhecimento em prática para iniciar os trabalhos como representante comercial. Como deu para ver, é necessário muito preparo para ter sucesso na área, além de saber escolher muito bem qual empresa representar. Isso, por si só, já é um trabalho gigantesco. Se você ainda tiver de se preocupar com a parte burocrática de abrir CNPJ e tudo mais, vai ficar realmente mais complicado.

Por isso, que tal deixar essa parte com a gente? Nós temos experiência em abrir empresas para representantes comerciais e sabemos como lidar com todos os processos para deixar sua situação impecável para começar a trabalhar. Enquanto isso, você se preocupa apenas em lidar com a parte que realmente importa e trará resultados para você. Vamos juntos? Então, entre em contato com o nosso time agora mesmo!

Deixe seu comentário

WhatsApp chat