Como reduzir os impostos na sua empresa

Descubra como reduzir impostos na sua empresa!

As empresas no Brasil pagam muitos tributos, especialmente aquelas de pequeno porte. Isso fica claro quando comparamos a nossa carga tributária média, de 34%, com a dos países da OCDE, que é de 23,98%. No entanto, é possível reduzir os impostos que pagamos anualmente?

Uma companhia que tenha muitos impostos a pagar terá dificuldades para operar no mercado e sofre um grande risco de sair de cena. Não é à toa, por exemplo, que mais da metade das empresas no Brasil entra em falência em 5 anos de operação.

Parte do fracasso é, certamente, fruto de desorganização pessoal; mas, outra parte é por causa de um ambiente pouco amigável para as pequenas empresas. Se você quer reduzir impostos e aliviar a carga tributária da sua companhia, confira as dicas que daremos a seguir.

Faça um planejamento financeiro e tributário

Os tributos são sempre calculados com base na atividade econômica da empresa. Se ela não vender nada, não tiver nenhum funcionário e não produzir nada, não paga tributos. Logo, um planejamento financeiro está intimamente ligado ao planejamento tributário.

Parte dos gastos com tributos vem do fato das empresas não se planejarem adequadamente para pagá-los. Um exemplo fácil de entender são os juros e multas de impostos pagos em atraso.

Além disso, o simples fato de planejar o lado tributário, já informa a empresa quais são os tributos que serão pagos, permitindo categorizá-los e estabelecer uma base para começar a trabalhar e tentar diminuir os custos com impostos.

Escolha o melhor Regime Tributário

Muitas empresas pagam tributos em excesso por escolher um Regime Tributário que não é o recomendado para elas. Isso é comum, não só com companhias, mas também com prestadores de serviços. Aliás, principalmente com prestadores de serviço, que acham que o Simples Nacional é a melhor opção.

Normalmente, o Simples é a alternativa mais fácil, mas em muitos casos ele não é o mais vantajoso. Um exemplo disso é a situação de um profissional de saúde. Dependendo dos seus gastos com folha de pagamento (incluindo funcionários, pró-labore e outros), ele pode se encaixar no Anexo V do Simples Nacional, com tributo de 15,5% em cima do faturamento. Nesse caso, o sistema do Lucro Presumido pode ser mais barato para ele, por ter uma carga tributária menor.

Organize o setor contábil da sua empresa

Um setor contábil que não esteja organizado, que não tenha as contas atualizadas, que não possua um controle de datas ou mesmo de pagamentos, costuma gerar custos extras para uma empresa, seja no pagamento de multas, por exemplo, ou seja ao pagar impostos duplamente por desorganização.

Por isso, é essencial colocar o setor contábil em ordem, usando métodos e sistemas de organização para deixar as contas em dia, evitar atrasos e esquecimentos, além de erros que gerem multas ou pagamento duplicado.

Busque incentivos fiscais para reduzir impostos

No Brasil e no mundo capitalista, uma forma comum de incentivar o trabalho de diversas empresas ou a evolução de determinados setores da economia é criar incentivos fiscais para essas áreas.

Em nosso país, isso pode ser feito de diversas maneiras. Por exemplo, existem impostos que são municipais, estaduais ou federais. Isso significa que existem 3 esferas governamentais com possibilidade de elaborar incentivos fiscais para reduzir impostos das empresas.

Às vezes, pode fazer sentido mudar a base da sua operação de uma cidade para outra vizinha, mas que tenha uma alíquota de ISS um ponto percentual menor, por exemplo.

Por isso, vale a pena pesquisar por incentivos fiscais na sua área e como se aproveitar deles para reduzir impostos na sua empresa, diminuindo os custos e operando de maneira mais enxuta.

Como conseguir reduzir impostos de maneira fácil?

Agora que você já conhece diversas ações para tomar e buscar diminuir os impostos pagos pela sua companhia, podemos falar sobre uma estratégia que facilita tudo isso: contratar uma consultoria de contabilidade.

O contador consultor tem como função realizar todos esses trabalhos, ajudando sua empresa na realização de trabalhos, como organizar a folha de pagamento, planejamento financeiro e auxiliar na redução de impostos para que sua companhia possa operar com maior competitividade no mercado.

Além disso, vale lembrar que a economia em impostos pode ser (e provavelmente será)  muito maior do que o custo para a contratação desse serviço. Na prática, sua empresa fará um investimento para que passe a gastar menos e possa competir melhor no mercado.

Para completar, uma boa consultoria ainda realizará outras ações que permitirão que a produtividade da sua empresa suba, especialmente para pequenos negócios (onde o dono assume várias funções) ou para prestadores de serviço. Cada hora que não é gasta em contabilidade pode ser direcionada para cuidar de outros afazeres e atender clientes.

Como podemos ver, reduzir impostos é uma tarefa pesada, mas necessária para a empresa que quer fugir da enorme carga tributária brasileira e atuar no mercado com maior competitividade. A maneira mais fácil e acessível de fazer isso é contratando uma consultoria de contabilidade.

Gostou das dicas? Então curta nossa página no Facebook para acompanhar outros materiais que postaremos por lá!

Deixe seu comentário

WhatsApp chat