Auditoria contábil: por que fazer em sua empresa?

O que é auditoria contábil?

Nenhuma empresa acredita que precisa fazer uma auditoria contábil até que seja tarde demais. Nesse estágio, a auditoria é um processo apenas para constatar que houve um dano que, em muitas vezes, pode ser irreversível.

É comum ter medo da realização de uma auditoria contábil, mesmo quando não há nada de errado e não se cometeu nenhum crime. Nós temos a impressão de que a auditoria é algo para “pegar criminosos” por causa de filmes, novelas e do noticiário. Mas não é assim!

Na verdade, a auditoria é um processo comum, relativamente rotineiro e muito benéfico para a empresa. Quer saber mais sobre isso? Então, siga a leitura do artigo até o final.

O que é a auditoria contábil?

A auditoria contábil é um processo que visa analisar a situação financeira de uma empresa para atestar a fidelidade e precisão dos seus registros contábeis. Ela é feita pela inspeção minuciosa de procedimentos internos da empresa, como documentos contábeis, bem como de fontes externas, como a Receita Federal ou instituições bancárias.

No fundo, a auditoria contábil é feita para ajudar a identificar erros no processo contábil da empresa, bem como fraudes, enganos ou qualquer outra situação que não garanta que a vida financeira da companhia esteja impecável.

É importante desmistificar a impressão que a auditoria contábil é algo para empresas de grande porte e corruptas, visando pegar algum funcionário que desviou dinheiro. Sua finalidade não é exatamente essa. Na verdade, o processo é relativamente rotineiro para companhias de vários portes, inclusive pequenas.

O seu objetivo, na verdade, é tirar uma “foto” mais confiável, digamos assim, do setor financeiro da empresa, de modo a oferecer dados concretos e confiáveis sobre a saúde contábil da companhia para os seus gestores.

Como é o processo de uma auditoria?

O processo de uma auditoria fiscal começa com o que é chamado de Pesquisa Ambiental. Não  se trata de algo envolvendo as florestas, mas sim de um reconhecimento das operações da companhia, coleta de informações e consulta de manual para entender o dia a dia da empresa.

Em seguida, com as informações recolhidas, o auditor faz um planejamento de estratégias para elaborar uma auditoria eficaz na empresa. O primeiro estágio do plano é fazer a documentação de todo o sistema contábil da empresa para ter uma base na qual testar.

Em seguida, o auditor faz dois testes: um para verificar a qualidade e segurança dos procedimentos fiscais da empresa e outro para verificar a exatidão dos valores dos seus registros, de modo a identificar se houve algum desvio.

Por fim, ele elabora um parecer com os seus resultados, opiniões e sugestões para otimizar o processo contábil da empresa, caso seja necessário.

Quais os benefícios desse processo?

Uma auditoria contábil traz uma série de benefícios para a empresa que a contrata. É por isso que as grandes companhias realizam o processo de maneira constante e frequente, normalmente uma vez por ano ou, em alguns casos, em intervalos ainda menores.

A primeira das vantagens da auditoria é garantir que a vida contábil da empresa esteja em ordem, evitando assim fraudes e desvios do dinheiro da empresa por qualquer funcionário, sócio ou gestor.

Em seguida, a auditoria ajuda a identificar erros e a corrigir falhas nos processos internos da companhia. Na prática, isso reduz desperdícios e ajuda a companhia a operar de maneira mais enxuta e econômica.

Além disso, a auditoria também ajuda a companhia a obter mais investimentos ou ser vendida, caso seja o plano dos gestores. Afinal, ela comprova a saúde financeira da companhia, o que permite que juros sejam menores nos financiamentos ou compradores topem fechar negócio.

Para quem não quer vender a empresa, a auditoria contábil ajuda a oferecer base para um planejamento financeiro e a tomada de decisões por parte dos gestores, que contam com informações técnicas e confiáveis para executar suas ações.

Como fazer uma auditoria contábil em minha empresa?

Fazer uma auditoria contábil em sua empresa não é uma tarefa fácil. Em primeiro lugar, é importante contratar uma consultoria especializada no assunto, que já tenha trabalhado com muitas empresas e tenha capacidade para lidar com a quantidade de papéis e documentos da sua companhia.

Em seguida, é importante oferecer total transparência e acesso ao auditor. Se não for assim, não há como confiar no resultado do seu parecer. Por isso, ele deverá aceder a todos os documentos fiscais para garantir a exatidão dos resultados.

Para completar, é preciso entender que a auditoria tem um momento certo para ser feita e isso depende do estado da empresa. Por isso, o gestor precisa identificar o momento antes de fazer a contratação.

O timing certo dependerá do objetivo da auditoria. Se for identificar alguma fraude, isso deve ser feito logo no momento da primeira suspeita. Se a empresa tem o objetivo de crescer ou ser vendida, então deverá ser  feita a auditoria o mais rapidamente possível para não atrapalhar o projeto. Por fim, caso a ideia seja apenas garantir a boa execução contábil da companhia, o ideal é fazer auditorias em períodos regulares.

Agora que você já sabe o que é uma auditoria contábil, como ela é feita, seus benefícios e quando contratá-la, pode cuidar melhor da sua empresa. Se quer contratar esse serviço, entre em contato conosco e saiba como podemos ajudar a sua companhia!

Deixe seu comentário